Designação:
Festas Antoninas
Outras designações:
Festas de Famalicão

Festas do Concelho

Festas de Santo António

Descrição:
As Festas Antoninas de Vila Nova de Famalicão apresentam-se como as principais festas em honra de Santo António do norte do país. Durante este período, vivem-se as tradições populares mais profundas, com a descoberta e o reencontro dos usos e costumes ancestrais famalicenses. As marchas antoninas, o saltar das fogueiras e a construção de cascatas são dos eventos mais enraizados das festas, às quais se junta o desfile alegórico e etnográfico. Mas em Vila Nova de Famalicão, as Antoninas também são das crianças, e são elas que protagonizam outro dos momentos mais marcantes das festas, as marchas infantis. A devoção a Santo António continua vivo dentro da comunidade, sendo visível na celebração de certos rituais, nomeadamente na Eucaristia, Bênção e Distribuição do Pão de Santo António e da Procissão Solene. A estas práticas é preciso juntar as inúmeras atividades desportivas, musicais e recreativas, tornando as Festas Antoninas o maior momento de socialização e confraternização da comunidade famalicense.
Cronologia:
1887-00-00; 1887-00-00; Contemporânea; Século XIX; Referência Documental; José Augusto Vieira, no "Minho Pittoresco" (p. 90), refere a existência de uma grande festividade a 13 de junho na Capela de Santo António: "Na parochia existem mais as seguintes capellas, algumas d'ellas dignas de uma visita, embora rápida (...) Santo António, no campo da Feira, com grande festividade em 13 de junho".

1959-06-09; 1959-06-14; Ressurgimento das Festas Antoninas, com duração de 5 dias. No programa dos festejos, surge ainda a Batalha das Flores, "verdadeiro emblema das festas deste período"

1979-00-00; 1979-00-00; Em 30 de janeiro, a Câmara Municipal aprova uma proposta para ser ela a promover a realização das festas Antoninas, considerando-as de interesse concelhio

1979-02-14; 1979-05-04; Renascimento das Festas Antoninas

1979-04-18; 1979-05-16; Reuniões da Comissão de Festas

1990-00-00; 1990-00-00; Cortejo Histórico Camiliano, no centenário do Escritor, integrado nas Festas Antoninas

1995-00-00; 1995-00-00; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão comemora o Centenário das Antoninas

1906-00-00; 1912-00-00; Período áureo das Festas Antoninas

Aprendizagem:
Familiar; Diversas famílias costumam a ir, por tradição, à festa da vila. Os seus avós e seus pais já iam, e, por mera tradição ou saudosismo, continuam, sem muito questionar a reservar aqueles dias para "ir à festa da vila"

Escolar; A comunidade escolar, pela participação em diversas atividades, como por exemplo as marchas antoninas infantis e cascatas, dão a conhecer o que são as festas antoninas e criam nas crianças um sentido de pertença nas mesmas

Laboral; Dentro da organização, as diversas etapas necessárias à prossecução das festas, apreendem-se em contexto laboral, sob a forma de inúmeras reuniões prévias, entre os técnicos que se encontram envolvidos na organização das diversas iniciativas

Empresarial; Quem se encontra na área onde decorrem as festas antoninas, nomeadamente os comerciantes, por iniciativa própria ou apenas por vizinhança, acaba por "engalanar" as suas montras, de forma a fazer coincidir o seu negócio com o espírito festivo que aqui se vive. Também chegam a redireccionar as suas montras e promoções para os produtos (dentro da sua área comercial) tradicionalmente associados às festas populares

Localização:
Presença da manifestação; Atual\Portugal\Braga\Vila Nova de Famalicão\União das freguesias de Vila Nova de Famalicão e Calendário

Presença da manifestação; Atual\Portugal\Braga\Vila Nova de Famalicão\União das freguesias de Antas e Abade de Vermoim\Antas

Idiomas:
Português\Dialetos portugueses\Setentrionais\Dialetos baixo-minhotos-durienses-beirões

Apoios:
Promoção; Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão tem vindo a apoiar a edição de brochuras sobre a história das Festas Antoninas, assim como de documentos promocionais. Em 2002, por exemplo, editou a brochura "Centenárias Antoninas", a qual traça brevemente a história e as diversas fases das Festas Antoninas

Sustentabilidade; Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, como entidade organizadora, tem vindo a apoiar as Festas Antoninas, alocando anualmente as verbas necessárias à boa prossecução das atividades que constituem o extenso programa das festas

Pesquisa; Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão tem vindo a apoiar, através da mobilização de recursos técnicos e monetários, a pesquisa relativa à historiografia relacionada com as "Festas Antoninas". Exemplo disso é a presente proposta de inclusão das Festas Antoninas na Lista Nacional do Património Cultural Imaterial, a qual também levou à execução de um documentário

Promoção; Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão executa anualmente diversos materiais promocionais das Festas Antoninas. Em 2016, por exemplo, elaborou uma identidade gráfica que englobou: um poster; um programa simples; um programa detalhado; diversos outdoors e um teaser promocional das festas

Promoção; Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão passou a transmitir, integralmente via live streaming, desde o ano de 2016, algumas iniciativas que decorrem no contexto das Festas Antoninas, nomeadamente as "Marchas Antoninas"

Fortalecimento:
Salvaguarda\Documentação; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, através da Divisão de Bibliotecas e Arquivos (Arquivo Municipal Alberto Sampaio e Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco: Fundo Local), tem vindo a promover a salvaguarda de muita da documentação produzida no contexto de execução das Festas Antoninas. A recolha tem incidido maioritariamente sobre os diversos materiais gráficos produzidos, nomeadamente cartazes/posters e programas

Incentivo\Participação; 1979-00-00; A Câmara Municipal consagra o dia 13 de junho, dia de Santo António, feriado municipal

Incentivo\Participação; 1989-06-13; Santo António é declarado "Padroeiro do Concelho de Vila Nova de Famalicão" por Sua Ex. Rev. D. Eurico Dias Nogueira (na altura, Arcebispo de Braga). A declaração surgiu no dia de Santo António, aquando das Comemorações dos 800 anos do seu nascimento. Para assinalar esta efeméride, foi erigida "nesta encruzilhada de caminhos, por onde passa Portugal inteiro", uma estátua de Santo António

Incentivo; 1994-00-00; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão delibera, em 1994, por proposta do seu presidente, celebrar o centenário das festas em 1995

Salvaguarda\Pesquisa; 2016-00-00; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão propôs-se, no âmbito da potencial e mais abrangente candidatura das "Romarias do Minho" (um grupo de 21 festas/romarias) ao I.N.P.C.I., a elaborar uma candidatura individual relativa às "Festas Antoninas" de Vila Nova de Famalicão. Esta decisão despoletou e intensificou um conjunto de tarefas inerentes a um levantamento criterioso (pesquisa e documentação) das principais manifestações que integram esta festividade (e de outras associadas a si), o que levou à mobilização de diversos recursos técnicos e monetários.

Salvaguarda\Documentação; 2016-00-00; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, pela Divisão Cultura e Turismo (Gabinete do Património Cultural), através da atribuição de novas competências no âmbito da gestão do Património Cultural Imaterial, tem vindo a promover a salvaguarda, gestão e integração de todo o tipo de informação produzida no contexto de execução das diversas manifestações imateriais, nas quais se incluem as "Festas Antoninas"

Salvaguarda\Proteção; 2018-03-08; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão reconhece, em contexto municipal (Reunião de Câmara) as Festas Antoninas como "de elevado interesse municipal"

Salvaguarda\Documentação; 2018-03-08; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão reconhece publicamente (em contexto municipal - Reunião de Câmara), a necessidade de se elaborar a candidatura das "Festas Antoninas" à Lista do Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (I.N.P.C.I.)

Disposição legal:
Ata da Assembleia Municipal; 1979-03-03; Alteração do feriado municipal para o dia 13 de junho (dia de Santo António)

Decreto-Lei n.º 139/2009; 2009-06-15; Estabelece o regime jurídico de salvaguarda do património cultural imaterial

Portaria n.º 196/2010, de 9 de abril; 2010-04-09; Aprova o formulário para pedido de inventariação de uma manifestação do património cultural imaterial e as respectivas normas de preenchimento da ficha de inventário

Ata da Reunião Ordinária (N.º 05/2018) do dia oito de março do ano de dois mil e dezoito; 2018-03-08; Aprova a elaboração da candidatura das "Festas Antoninas" ao Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (INPCI), nos termos do preceituado no Decreto-Lei n.º 139/2009, de 15 de junho e da Portaria n.º 196/2010, de 9 de abril

Ata da Reunião Ordinária (N.º 05/2018) do dia oito de março do ano de dois mil e dezoito; 2018-03-08; Reconhecer as "Festas Antoninas" como uma manifestação cultural imaterial de elevado interesse municipal

1994-00-00; A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão delibera, em 1994, por proposta do seu presidente, celebrar o centenário das festas em 1995

Tipologias:
Domínios UNESCO\Práticas sociais, rituais e eventos festivos

Categorias (DR_Port. N.º 196/2010_9 de Abril)\Espetáculo e divertimento

Categorias (DR_Port. N.º 196/2010_9 de Abril)\Atividades lúdicas

Categorias (DR_Port. N.º 196/2010_9 de Abril)\Festividades cíclicas

Património Cultural Imaterial\Festas e Romarias

Unidade cultural:
Gabinete do Património Cultural
Nº inventário:
GPC.IPI.000016
Catalogação
Bibliografia

C M Famalicão® - Todos os direitos reservados
in web Acesso online ao Patrimonium. Sistemas do Futuro