Tipo imóvel:
Palácio
Designação:
Palácio da Igreja Velha
Outras designações:
Casa Solarenga da Igreja Velha de Vermoim

Hotel Rural Palácio da Igreja Velha

Casa da Igreja Velha de Vermoim

Descrição:
A segunda metade do século XIX, sobretudo nesta zona do Minho, é um período muito particular para a arquitetura, que sofre influências diretas da oscilação demográfica, em particular dos emigrantes brasileiros que regressaram e fixaram-se na região. Manuel Gomes dos Santos Portela, era ele próprio um "brasileiro retornado". Regressado endinheirado, reflete os costumes e gostos do emigrante "torna-viagem" na construção do Palácio da Igreja Velha, concluído em 1881. Para isso destrói a antiga Casa do Assento e a antiga igreja. O palácio e a capela terão sido construídos no local da antiga igreja e Casa do Assento. A planta do palácio faz-se em «U» com volumes articulados entre si e de dominante horizontal. O principal, é composto por três pisos, sendo que o acesso nobre é feito através da escadaria voltada a norte e ladeada por dois torreões, cuja cobertura é rematada com ameias, antecedidas de platibanda, beiral e cornija. Quer o alçado norte, como o alçado sul, possuem cartelas de forma igual, a sul com a inscrição «1881» (ano das profundas intervenções), e a norte com a inscrição «21| 6» (dia e mês). O interior da planta em «U» é servido de um jardim com uma fonte e estatuária. O edifício é dotado de diversas salas e quartos, adornados com tetos de estuque, fingidos de mármore, etc.
Autorias:
Projeto\Reabilitação; Visioarq; Documentado

Cronologia:
1881-00-00; 1881-00-00; Contemporânea; Século XIX; Aquisição e início da obra; Esta data indicará a aquisição da antiga quinta, uma vez que José Inácio de Sequeira Lobo, falece na Quinta da Igreja Velha, a 3 de junho de 1880. 1881 será o ano de aquisição da Quinta por Manuel Gomes dos Santos Portela, que inicia profundas obras para a construção do actual palácio. Construção do Palácio sob a antiga Casa do Assento e Igreja aí existentes

1885-00-00; 1885-00-00; Contemporânea; Século XIX; Conclusão das obras de construção; Conjectural \ "1884" inscrito nas portas interiores do palácio (livro de obra - 2015). Sinos de 1885.

1987-00-00; 1987-00-00; Contemporânea; Século XX; Compra/Venda

2012-00-00; 2012-00-00; Contemporânea; Século XXI; Compra/Venda

2014-00-00; 2014-00-00; Contemporânea; Século XXI; Início do projeto de ampliação

2015-00-00; 2015-00-00; Contemporânea; Século XXI; Intervenção/Reabilitação; Inauguração após obras de reabilitação

2015-00-00; 2015-00-00; Contemporânea; Século XXI; Prémio Wan; Integra a shortlist do Prémio Wan - categoria de metal

2017-04-11; 2017-04-11; Contemporânea; Século XXI; Prémio Architizer A+; Vence o Prémio A+ Award

2018-10-26; 2018-10-26; Contemporânea; Século XXI; Prémio Januário Godinho; Vence o Prémio de Reabilitação Januário Godinho

Épocas:
Contemporânea

Funções:
Residencial

Inscrições:
1881; Português; Alçado/Fachada Principal

20 / 6; Português; Dia / Mês; Alçado/Fachada Traseira; Gravação\Alto-Relevo

Localizações:
Atual\Portugal\Braga\Vila Nova de Famalicão\Vermoim

Materiais:
Inorgânico\Lítico\Granito; Paredes

Transformado\Cerâmica\Telha\Marselha; Telhado

Transformado\Metal\Ferro; Varandas

Orgânico\Madeira; Portas

Orgânico\Madeira; Janelas

Medidas:

Área: 1.410,00 Área\Metro Quadrado (m2) [Casa Torre Apalaçada]

Área: 4.155,00 Área\Metro Quadrado (m2) [Logradouro]

Protecção:
Em Vigor\Direta\Em Vias de Classificação\Imóvel\Interesse Municipal (I.I.M.)

Em Vigor\Direta\Plano Diretor Municipal\2015\Planta de Ordenamento II - Património Edificado e Arqueológico\Planta B; Identificado com o Código DOGU n.º 889

Tipologias:
Património Edificado\Arquitetónico\Casas Senhoriais

Unidade cultural:
Gabinete do Património Cultural
Nº imóvel:
GPC.4704C01

C M Famalicão® - Todos os direitos reservados
in web Acesso online ao Patrimonium. Sistemas do Futuro