Tipo imóvel:
Escultura
Designação:
"Monumento que memoriza as mães e todos os combatentes da guerra do ultramar"
Descrição:
Promovido pelo Núcleo de Ribeirão da Liga dos Combatentes e inaugurado a 01 de junho de 2013, o monumento às Mães e aos Combatentes do Ultramar, da autoria do escultor Salvador Vieira, retrata o sofrimento das mães de Ribeirão que viram os seus filhos partir para guerra do ultramar e o regresso (ou não) de muitos militares a casa. A cerimónia de inauguração foi antecedida de uma missa e de um romagem ao cemitério paroquial, em memória dos combatentes falecidos.
Autorias:
Concepção\Artística\Escultura; VIEIRA, Salvador; Assinado

Construção/Empreitada; Fundição Lage; Assinado

Promotor/Encomenda; Liga dos Combatentes

Cronologia:
2013-06-01; 2013-06-01; Contemporânea; Século XXI; Acontecimento/Inauguração

Épocas:
Contemporânea

Funções:
Honorífica

Decorativa/Ornamental/Estética

Inscrições:
SALVADOR VIEIRA; Salvador Vieira; Gravação\Baixo-Relevo

FUNDIÇÃO/LAGE; Fundição Lage; Gravação\Baixo-Relevo

Localizações:
Atual\Portugal\Braga\Vila Nova de Famalicão\Ribeirão

Materiais:
Transformado\Metal\Liga\Bronze

Inorgânico\Lítico\Granito

Protecção:
Em Vigor\Indireta\Plano Diretor Municipal\Em Área Abrangida Por Perímetro de Proteção de Imóvel\Planta de Ordenamento II - Património Edificado e Arqueológico\Planta C

Tipologias:
Expressões Artísticas e Evocativas\Arte Pública\Acontecimentos

Unidade cultural:
Gabinete do Património Cultural
Nº imóvel:
GPC.3502C07

C M Famalicão® - Todos os direitos reservados
in web Acesso online ao Patrimonium. Sistemas do Futuro