O museu não detém a propriedade de direitos autorais e não se responsabiliza por utilizações indevidas praticadas por terceiros. Saiba mais


Designação:
"O Cónego do Godinho"
Descrição:
"No lugar do Godinho, freguesia de S. Tiago da Cruz, concelho de Vila Nova de Famalicão, há uma casa, de modesto especto, onde residiu e faleceu o cónego Godinho. Depois do seu passamento começaram de aparecer coisas ruins em casa do finado e a alma do cónego por lá tem empecido às vezes - porque não pode entrar no céu nem no inferno sem que os seus parentes ou amigos lhe mandem dizer missas pela alma ou restituam os roubos de grãos de milho que o cónego fazia aos seus caseiros. Quando os rendeiros lhe traziam as rendas, principiava ele a passear no sobrado com muita força, e, com os estremecimentos que dava ao entaboamento, abalava a rasa, no ato em que os caseiros estavam a medir, e assim levava a medida mais grão. Noutros tempos, era difícil aparecer caseiro para os bens Godinho, afirma a nossa informadora, não só por a alma do cónego empecilhar por lá de noite, mas, ainda mais, porque por melhor que se fechassem as portas das cortes do gado, encontravam-se de manhã abertas e o gado solto."
Localização:
Unidade cultural:
Gabinete do Património Cultural
Nº inventário:
GPC.IPI.000058

® C M Famalicão - Todos os direitos reservados
in web Acesso online à coleção Sistemas do Futuro